Atendimento Online

LiveZilla Live Help
Brachiária Humídícola

sementes_brachiaria_humdcolaNome comum: Quicuia

Nome científico: Brachiaria humidícola

Cultivar: Humidícola

Família: Gramíneas

Ciclo vegetativo: Perene

Forma de crescimento: Estolonífero

Altura: Até 1.00m

Resistência a seca: Alta

Resistência ao frio: Média

Exigência em fertilidade do solo: Baixa e média

Preparo do solo: Destorroado e nivelado

Época do plantio: Estação chuvosa

Adubação: Fosfatada no plantio, conforme análise do solo

Profundidade do plantio: 1,0 a 2,0cm

Taxa de semeadura: 240 a 570 vc/ha

Produção de forragem: 8 a 10 ton./ha/ano

Proteína bruta na m. s.: 5 a 8%

Tempo de formação: 150 a 180 dias

Origem

Gramínea nativa do leste e sudoeste da África Tropical.

Características Agronômicas

Rústica com boa produtividade, palatabilidade e digestibilidade, tolerante ao pisoteio, requer índice pluviométrico acima de 900mm anual. Bom desenvolvimento em solos de baixadas úmidas e encharcados. Vegeta bem no período seco, protege o solo contra erosão. Adapta-se em solos ácidos e de baixa fertilidade, é tolerante ao alumínio e a cigarrinha. O terreno para o plantio deve estar bem preparado para evitar concorrência com plantas daninhas, plantar no período de bastante chuvas, porque essa espécie requer muita umidade para o seu estabelecimento. A germinação é lenta devido à dormência da semente. Esta gramínea pode ser consorciada com a Puerária, Arachis Pintoi, Colopogônio e com outras Brachiárias.

Utilização e Manejo

Recomendada para bovinos, bubalinos cria e recria e pode ser consumida também por equinos e ovinos. A Humidícola apresenta crescimento inicial lento e exige um manejo cuidadoso nos primeiros pastejos para garantir um bom estabelecimento da pastagem. O primeiro pastejo deve ser feito de 150 a 180 dias após a germinação das sementes e de forma leve para estimular o perfilhamento e enraizamento dos estolões. Para utilizar a pastagem mais rápida, recomendamos consorciar a Brachiária Humidícola com outra Brachiária. A altura da entrada dos animais nesta pastagem deve ser de 20 a 30cm e a saída com 10cm. A qualidade nutricional é considerada baixa em termos de proteína, principalmente na época seca do ano, e isso limita o consumo e os ganhos de peso pelos animais.